Peça mais informações, insira os seus dados para ser contactado(a) com a maior brevidade.

Seguro de vida associado ao seu crédito garante o pagamento do capital em dívida à entidade credora em caso de Morte ou Invalidez, com actualização anual dos capitais e pagamento do capital remanescente aos beneficiários.

O Seguro de Vida Crédito é seguro de Vida específico para Crédito Habitação ou outros tipos de crédito que tem as seguintes vantagens:

  • Dinâmico – porque acompanha o capital em dívida;
  • Competitiva – porque a tarifa é muito competitiva (até 60% poupança);
  • Protetor – porque garante uma proteção mais abrangente em caso de Invalidez;
  • Eficaz – porque permite a redução de encargos mensais com o seu crédito habitação
  • Versátil – porque admite a possibilidade de proteção a  outros créditos (ex: automóvel ou consumo);
  • Simples – porque se trata de toda a documentação, seja para um seguro novo ou para a sua transferência.

Seguro de vida crédito inclui as seguintes coberturas:

Cobertura Base:

Morte
Coberturas Extra:

Invalidez Absoluta e Definitiva (IADou 

Invalidez Total e Permanente (ITP)

Outras Cobertura para os beneficiários (família)

É OBRIGATÓRIO CONTRATAR O SEGURO INDICADO PELO BANCO?

Não. Segundo a lei portuguesa nenhuma Instituição Bancária poderá proibir a contratação externa ou transferência de um seguro de vida associado ao crédito habitação.

O BANCO PODE AGRAVAR AS CONDIÇÕES DO CONTRATO?

Na maior parte das vezes não pode, apenas créditos mais recentes poderão vir a ter esse tipo de penalizações. Aconselho a consultar a escritura pública do empréstimo e aquisição do imóvel.

O QUE É NECESSÁRIO PARA SUBSCREVER UM SEGURO DE VIDA?

Para poder subscrever um seguro de vida deverá, além de ter condições financeiras para efetuar o pagamento do prémio associado à apólice, preencher outros requisitos, especialmente em termos de idade, cujas exigências podem variar entre seguradoras. É comum que a idade mínima para poder subscrever um seguro de vida de crédito à habitação seja de 16 anos. Por outro lado, também é comum que, no início do contrato, o contraente não tenha mais do que 55 a 60 anos para que o seguro possa vigorar até ao seu prazo máximo. Este prazo máximo varia de acordo com as instituições bancárias.

Por último, em alguns casos a seguradora exige que o(s) contraente(s) realizem exames médicos que comprovem não haver já qualquer problema que possa colocar em risco a capacidade dos mesmos honrarem os seus compromissos de pagamento.

QUANTO CUSTA UM SEGURO DE VIDA PARA CRÉDITO HABITAÇÃO?

O valor do prémio deste tipo de apólice depende essencialmente do montante a segurar (montante do empréstimo). Há, no entanto, outros fatores a considerar tais como:

  • A idade do tomador do seguro, uma vez que quanto mais velho for, mais caro poderá ser o prémio;
  • A probabilidade de ocorrência das situações cobertas pelo seguro;
  • Outras coberturas adicionais que o cliente entenda subscreverem.

Existem, porém, algumas variantes às quais pode estar atento para poupar dinheiro, como por exemplo, um seguro de vida que cobre duas pessoas, mas com o pagamento de um único capital seguro. Nestes casos, o prémio a pagar substancialmente menor daquele que teria de se pagar optando por duas apólices distintas.

A SUBSCRIÇÃO DE UM SEGURO DE VIDA HABITAÇÃO TEM BENEFÍCIOS FISCAIS?

Sim, tem benefícios fiscais, sendo esta outra das vantagens dos seguros de vida. Isto acontece porque este seguro permite deduzir os prémios no IRS, mais concretamente no âmbito das despesas gerais familiares. Essa dedução corresponde a 35% do valor suportado, tendo atualmente um limite de 250 Euros associado a cada sujeito passivo

Decreto-Lei n.º 222/2009, de 11 de setembro
Estabelece um conjunto de regras relativas ao regime de contratos de seguro de vida quando associados ao Crédito Habitação.

CONHEÇA OUTROS SEGUROS 

A HEPPEN SEGUROS DISPÕE DA MELHOR SOLUÇÃO PARA AS SUAS NECESSIDADES